DICAS

O tratamento

Como elevar a alcalinidade da água?

Recomenda-se a elevação quando a mesma estiver abaixo de 80 ppm.

Alcalinidade Total Baixa (abaixo de 80 ppm)

  • 1. Meça a alcalinidade;
  • 2. Verifique a dosagem necessária de Elevador de Alcalinidade;
  • 3. Em um balde plástico com água da piscina, adicione e misture a quantidade recomendada de Elevador de Alcalinidade e espalhe por toda a superfície;
  • 4. Filtre por um período mínimo de 6 horas, diariamente, ou de acordo com as instruções do fabricante do filtro;
  • 5. Meça novamente a alcalinidade após 6 horas de filtração. Caso não obtenha o resultado desejado, repita o procedimento.

A adição do elevador de alcalinidade deve ser feita seguindo a proporção indicada na embalagem do produto e com o filtro na posição “Filtrar”.

Para verificar os parâmetros da água, use uma fita teste ou um estojo de testes.

Alcalinidade da piscinaComo reduzir a alcalinidade da água?

Alcalinidade Total Alta (acima de 120 ppm)

  • 1. Meça a alcalinidade;
  • 2. Verifique a dosagem necessária de redutor de alcalinidade e pH calculada com a ajuda da tabela abaixo;
  • 3. Em um balde plástico com água da piscina, adicione e misture a quantidade recomendada de redutor de alcalinidade e pH;
  • 4. Espalhe a mistura pela piscina;
  • 5. Filtre por um período mínimo de 6 horas, diariamente, ou de acordo com as instruções do fabricante do filtro;
  • 6. Meça novamente a alcalinidade após estas 6 horas de filtração. Caso não obtenha o resultado desejado, repita o procedimento.

A adição do redutor de alcalinidade deve ser feita seguindo a proporção indicada na embalagem do produto e com o filtro na posição “Filtrar”.

Algas e as bactérias podem sobreviver ao tratamento com cloro?

É possível, se o tratamento for feito de forma inadequada. Piscinas com pouco cloro ou com excesso de ácido cianúrico, por exemplo, podem diminuir a ação oxidante do cloro permitindo que as algas e, posteriormente, as bactérias encontrem um ambiente onde possam se proliferar.

O nível de ácido cianúrico na água da piscina pode ser medido através de um kit de testes completo (4 em 1) ou de uma fita teste específica. Caso a água da piscina realmente apresente níveis de ácido cianúrico maiores do que 50 ppm, a única solução é drenar parcialmente a água da piscina e repô-la com água nova.

Uma forma de prevenir o excesso de ácido cianúrico na água é usar o cloro granulado mais o estabilizador de cloro, ao invés do dicloro/tricloro (cloros estabilizados), já que uma das várias vantagens do cloro granulado é a possibilidade de controle do ácido cianúrico.

Aparência não é tudo

A aparência, embora importante, não é a única forma de determinar se uma piscina está limpa e saudável.

É preciso que esta limpeza ocorra também no nível microbiológico, de forma a não afetar a saúde de seus usuários, eliminando o risco de transmissão de infecções tais como hepatite, otite, micoses, coléra, entre outras.

Só testes com produtos adequados podem determinar se a piscina está apropriada para uso.

O que fazer se a água se apresenta turva e como clarificar a piscina?

Uma das principais razões da turbidez da água é a presença de partículas em suspensão. Para eliminá-las, deve-se utilizar um decantador.

Esse produto aglomera as partículas, depositando-as no fundo da piscina – o que facilita sua retirada.

Existem duas formas de diminuir a turbidez da piscina: Clarificação (se a água estiver opaca, sem brilho) e Decantação (quando a água da piscina estiver muito suja).

Para realizar a clarificação, faça o seguinte:

  • Meça a Alcalinidade Total, verificando se a mesma está na faixa entre 80 e 120 ppm. Ajuste-a se necessário;
  • Meça o pH verificando se o mesmo encontra-se na faixa entre 7,0 e 7,4. Ajuste-o se necessário. O ideal é mantê-lo em 7,0;
  • Coloque a válvula do filtro na posição “Filtrar”;
  • Adicione e misture o decantador na dosagem de clarificação;
  • Filtre por um período mínimo de 6 horas, diariamente, ou de acordo com as instruções do fabricante do filtro.

Como clorar a piscina?

  • Meça o cloro livre utilizando uma fita teste ou um estojo de testes;
  • Verifique a dosagem necessária de cloro granulado e, com o sistema de filtração em funcionamento, espalhe o produto por toda a superfície;
  • Filtre por um período mínimo de 6 horas, diariamente, ou de acordo com as instruções do fabricante do filtro;
  • Meça novamente utilizando uma fita teste ou um estojo de testes.

O cloro livre deverá estar na faixa de 1 a 3 ppm. Caso não esteja, repita o procedimento.

Como fazer uma decantação?

Os passos para a realização de uma decantação são os seguintes:

  • Meça a Alcalinidade Total, verificando se a mesma está entre 80 e 120ppm. Ajuste-a se necessário;
  • Meça o pH verificando se o mesmo encontra-se na faixa entre 7,0 e 7,4. Ajuste-o se necessário. O ideal é mantê-lo em 7,0;
  • Escove bem todas as paredes e o fundo da piscina. Verifique se sua escova é apropriada para seu tipo de piscina;
  • Com o filtro em funcionamento, na posição “Recircular”, adicione o decantador de sua preferência, espalhando o máximo possível;
  • Deixe recircular por 2 horas. Desligue o filtro e deixe a água em repouso de 8 a 12 horas;
  • Aspire drenando o material decantado. Complete o nível de água e coloque o sistema de filtração para operar normalmente;
  • Aplicar cloro granulado conforme instrução presente na embalagem;
  • Dependendo do grau de infestação de algas (piscinas muito verdes, azulejos escorregadios, presença de lodo, etc), poderá ser necessário repetir o procedimento.

Fatores que prejudicam a limpeza da piscina

Uma piscina pode ter sua limpeza prejudicada tanto pelo ambiente quanto pelos usuários. Chuvas e ventos podem interferir na qualidade da água. Os usuários, por sua vez, podem trazer para o ambiente da piscina elementos tais como suor, loções e óleos, urina e principalmente doenças contagiosas. A manutenção regular previne o aparecimento destes problemas e torna a piscina segura para uso.

Alguns fatores, entretanto, pedem por um tratamento de choque: contaminação por fezes ou animais mortos, períodos prolongados de extremo calor, grande número de banhistas, ardência nos olhos mesmo com o pH na faixa ideal, odor desagradável, crescimento de algas e rápido consumo de cloro , caracterizado pela ausência de residual de cloro livre nos testes realizados com a fita teste ou com o estojo de testes.

Como funciona a filtração da água?

O sistema de filtração tem a função de limpar a água, através da areia que está dentro do filtro, removendo as partículas de sujeira tais como cabelos, folhas, algas e outras impurezas que reduzem a ação dos produtos químicos.

Para manter o filtro em perfeitas condições, deve-se tomar as seguintes medidas:

  • Assegure-se que ele fique ligado o tempo suficiente. Consulte o fabricante do filtro para saber o tempo exato que ele deve ser mantido ligado. Esse período geralmente é de, no mínimo, 6 horas diárias – checar as instruções do fabricante – tempo necessário para que todo o volume de água da piscina (100%) passe pelo sistema de filtração (areia).
    Obs.: Vale a pena lembrar que o consumo de energia elétrica do sistema de filtração equivale a cerca de 5% do consumo mensal de um domicílio. Para a sua tranqüilidade, utilize um timer. Assim, não haverá necessidade de ligar e desligar o motor do filtro manualmente.
  • Não se esqueça de desligar o filtro toda vez que for mudar a posição da válvula e de utilizar somente areia adequada para filtros de piscina.

Como manter limpa uma piscina coletiva?

O tratamento de uma piscina com grande volume de água e freqüentada por um grande número de banhistas exige cuidados especiais para que se mantenha limpa e saudável e livre de doenças.

Para tanto, recomendamos utilizar uma linha de produtos profissionais.

Como elevar um pH baixo?

pH BAIXO (abaixo de 7,0)

  • 1. Meça o pH utilizando uma fita teste ou um estojo de testes;
  • 2. Verifique a dosagem necessária de elevador de pH;
  • 3. Em um balde plástico com água da piscina, adicione e misture a quantidade recomendada de elevador de pH e espalhe por toda a superfície;
  • 4. Filtre no mínimo por 6 horas ou de acordo com as instruções do fabricante do filtro;
  • 5. Meça novamente após as 12 horas de filtração. Caso não obtenha o resultado desejado, repita o procedimento.

Como reduzir um pH alto?

pH ALTO (acima de 7,4)

  • Meça o pH utilizando uma fita teste ou um estojo de testes;
  • Verifique a dosagem necessária de redutor de alcalinidade e pH;
  • Em um balde plástico com água da piscina, adicione e misture a quantidade recomendada de redutor de alcalinidade e pH, e espalhe por toda a superfície;
  • Filtre no mínimo por 6 horas ou de acordo com as instruções do fabricante do filtro;
  • Meça novamente após as 12 horas de filtração. Caso não obtenha o resultado desejado, repita o procedimento.

Avaliando a balneabilidade da piscina

Em primeiro lugar inspecione visualmente a piscina e observe se a água está cristalina, sem depósitos de sujeira no fundo, sem nenhum tipo de contaminação aparente, sem manchas – na água e nas bordas – e sem formação de espuma.

Odores estranhos também podem ser indicativos de problemas.

Se a piscina passar por esta inspeção visual, use a fita teste ou um estojo de testes para testar os parâmetros que determinam a boa qualidade da água, isto é, se ela mantém os níveis ideais de alcalinidade, pH e de cloro, que asseguram o controle das bactérias e algas que podem contaminá-la.

Riscos oferecidos por uma piscina que não esteja limpa e saudável.

Usar adequadamente uma piscina está entre as mais saudáveis e relaxantes atividades que uma pessoa pode experimentar. Entretanto, o uso de uma piscina que não esteja limpa e saudável pode acarretar riscos de contrair doenças , provocados pela proliferação de bactérias, fungos e viroses.

Estes riscos são eliminados com o tratamento correto e regular da piscina com cloro

Tratamento de choque na piscinaO que é tratamento de choque?

Tratamento de Choque – ou supercloração – é a adição de cloro na água da piscina em quantidade superior à utilizada normalmente.

Recomenda-se utilizar esse recurso quando:

  • Houver contaminação na água (animais mortos, fezes, etc);
  • Houver períodos de extremo calor;
  • Houver um grande número de banhistas freqüentando a piscina;
  • Houver chuva intensa;
  • Os banhistas se queixarem de ardência nos olhos (considerando que o pH esteja na faixa ideal);
  • Ocorrer um odor desagradável na água da piscina;
  • Surgirem sinais de crescimento de algas;
  • O cloro for rapidamente consumido, não apresentando residual de cloro livre nos testes realizados com a fita teste ou com um estojo de testes.

Importante: Depois da supercloração, utilize a piscina somente quando o residual de cloro livre estiver entre 1,0 e 3,0 ppm. Clique aqui para saber mais sobre o uso da piscina depois da supercloração

Quais cuidados tomar após o tratamento de choque?

Com a supercloração, o residual de cloro livre deverá subir além da faixa recomendada.

Utilize a piscina somente quando o residual de cloro livre estiver entre 1,0 e 3,0 ppm.

O que é tratamento físico e tratamento químico?

O tratamento físico refere-se aos assuntos relativos à filtração e circulação da água, bem como à limpeza da área em volta da piscina e suas bordas.

O tratamento físico da piscina deve ser realizado da seguinte forma:

  • Limpe a área ao redor da piscina;
  • Procure varrer sempre no sentido oposto a ela. Isso evitará que a sujeira caia dentro da água e, conseqüentemente, prejudique seu tratamento;
  • Se a piscina estiver coberta com lona, elimine o máximo de água que ficou acumulada em cima da proteção, bem como toda a sujeira depositada.

Quando necessário, escove suas paredes e nunca utilize palha de aço, escovas metálicas ou esponjas abrasivas.

Limpe as bordas utilizando limpa bordas.

Obs: Nunca jogue a sujeira acumulada dentro da piscina.

O tratamento químico envolve, basicamente, o controle de três parâmetros:

Alcalinidade Total (medir 1 vez por mês), pH (medir 2 vezes por semana) e Cloro livre (medir 3 vezes por semana).

Obs: Para que os produtos químicos obtenham a máxima eficiência, estes 3 parâmetros precisam estar ajustados.

O modo mais prático e eficiente de efetuar essa medição é através da fita testes ou do estojo de testes.

Alerta: Ao manusear os produtos químicos, utilize sempre luvas plásticas, máscara e óculos de proteção. Mantenha os produtos em local arejado. Em piscinas de fibra ou de vinil, recomenda-se pré-diluir o cloro granulado e outros produtos em um balde com água antes da aplicação.

Cloro para piscinasPara que serve o cloro e por quê usar o granulado?

O cloro é o elemento que elimina os microrganismos da água da piscina, oxida a matéria orgânica e os metais nela dissolvidos, inibe odores desagradáveis e previne a transmissão das mais diversas doenças infecciosas – hepatite, otite, micoses, cólera, entre outras.

Geralmente, um balde de cloro granulado mantém o seu teor de cloro ativo por até 12 meses.

Já o Cloro líquido, quando estocado, perde seu teor de cloro ativo muito rapidamente – em uma semana, a taxa de redução pode alcançar até 25%, tornando necessária uma dosagem superior à normal para manter o mesmo efeito microbicida na piscina.

Dois quilos e meio de Cloro Granulado equivalem a aproximadamente 20 litros de Cloro Líquido.

Limpeza e tratamento de piscinas no Rio de Janeiro?

21 98644-1010Conte conosco!